Mensagens do Dia

  • 1
  • 2
  • 3

A raiz da cura está no perdão

A raiz da cura está no perdão

  No perdão está a raiz de tudo! Ame seu familiar e próximo, apesar de toda... Leia mais

Onde está a minha cruz?

Onde está a minha cruz?

    A compreensão deste mistério – a cruz – e seu lugar em nossa vida crist... Leia mais

A nossa maior riqueza é o Senhor

 A nossa maior riqueza é o Senhor

“As obras das suas mãos são verdade e justiça” (Sl 110,7). O nosso maior ri... Leia mais



A Santa Sé anunciou ontém dia 8 ter chegado a um “entendimento excecional” com o Governo português para a eliminação dos feriados do Corpo de Deus e de Todos os Santos “durante os próximos cinco anos”, a partir 2013.

A decisão foi transmitida à Agência ECCLESIA em comunicado oficial pela Nunciatura Apostólica em Portugal, a representação diplomática do Papa no país.

Segundo o documento, a celebração da solenidade do Corpo de Deus (assinalada até agora numa quinta-feira, 60 dias depois da Páscoa) vai ser “transferida para o domingo seguinte” e a de Todos os Santos “manter-se-á no dia 1 de novembro, mas sem o caráter de dia feriado civil”.

A Santa Sé sublinha que o acordo vai ao “encontro dos desejos do Governo português na procura de uma solução para a grave crise económico-financeira em que se encontra o país”.

A eliminação de feriados foi decidida pelo Executivo de coligação PSD/CDS-PP e inclui, por parte do Estado, os dias 5 de outubro (implantação da República) e 1 de dezembro (restauração da independência).

O Governo português adiantou esta tarde que em 2012 se vão manter tanto os feriados religiosos como os civis, para “ir ao encontro do melhor planeamento dos calendários das famílias e das empresas no corrente ano”.

“Na base deste compromisso encontra-se a preocupação de acompanhar, por esta via, os esforços de Portugal e dos portugueses para superar a crise económica e financeira que o País atravessa. Ficou, portanto, estabelecido que, no final do período de cinco anos, a República Portuguesa e a Santa Sé reavaliarão os termos do seu acordo”, informa a nota conjunta do Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Ministério da Economia e do Emprego.

O Governo "enaltece o sentido de responsabilidade demonstrado pelos parceiros sociais e salienta a disponibilidade e a abordagem construtiva da Santa Sé e da Conferência Episcopal Portuguesa”, acrescenta o comunicado.

O artigo terceiro da Concordata de 2004, assinada entre Portugal e a Santa Sé, indica que os dias “festivos católicos”, além dos domingos, “são definidos por acordo nos termos do artigo 28”.

Este, por seu lado, prevê que o conteúdo do acordo diplomático “pode ser desenvolvido por acordos celebrados entre as autoridades competentes da Igreja Católica e da República Portuguesa”.

A respeito destas negociações, o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) tinha sublinhado o “bom entendimento” entre a Secretaria de Estado do Vaticano e o Governo português, remetendo para o Executivo a responsabilidade desta decisão.

“O Governo sabe que o que nós preferíamos é que não se mexesse nisso, mas nós regemo-nos por uma Concordata, não estamos completamente livres nessa negociação”, referiu D. José Policarpo, cardeal-patriarca de Lisboa, na conferência de imprensa final da mais recente assembleia plenária deste organismo, que decorreu em abril.

O responsável explicou que “só são deslocáveis para o domingo seguinte as festas cristológicas”, o que não acontece com o 1 de novembro (Todos os Santos).

“A única alternativa é mantermos a festa religiosa, mesmo sem feriado civil”, referiu.

(Agência Ecclesia)

Noticias Canção Nova

  • 1
  • 2
  • 3

A beleza de Deus na Bolsa de Turismo de Lisboa 2015

A beleza de Deus na Bolsa de Turismo de Lisboa 2015

A Obra Nacional da Pastoral do Turismo (ONPT), da Conferência Episcopal Portuguesa, participa a partir de hoje na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2015, a decorrer até 1 de março na Feira Internacional de Lisboa. Num comunicado enviado à Agênci... Leia mais

Primeiras declarações de D. Manuel Clemente aos jornalistas após o consistório

Primeiras declarações de D. Manuel Clemente aos jornalistas após o consistório

O cardeal-patriarca de Lisboa afirmou no Vaticano que a sua nova missão o vai levar a responder ao desafio de “proximidade” que é colocado pelo Papa Francisco. “Proximidade com as pessoas, que não acaba sejam quais forem as circunstâncias, que ... Leia mais

Padre Luís Costa tomou posse para um terceiro mandato à frente da organização católica

Padre Luís Costa tomou posse para um terceiro mandato à frente da organização católica

O padre Luís Costa foi reeleito à frente da direção da Cáritas Diocesana de Coimbra e definiu como prioridades para este ano o reforço das respostas sociais à terceira idade e às pessoas com doenças mentais degenerativas. Um comunicado do organ... Leia mais

Destaque

Clube de Evangelização

Bem haja pela sua Dedicação!

Caríssimo benfeitor Evangelizador da Comunidade Canção Nova, É graças a si, à sua dedicação, ao seu amor por esta Obra, que a palavra de Deus chega a tantas casas, a tantas famílias. É pelo seu carinho que muitas pess... Leia mais

Encontrar a verdadeira felicidade

Eu nem consigo começar a descrever a todos a alegria que enche o meu coração. Às vezes eu fico completamente dominada pelas maravilhas Dele e ele consegue levar-me às lágrimas. Pouca gente me conhece verdadeiramente, e n... Leia mais

Próximos Eventos

Tarde de Louvor em Ribamar

Tarde de Louvor em Ribamar

Tarde de Louvor em Ribamar com... Leia mais

Destaque Livraria

Subscrever Newsletter




Calendário de Eventos

Pe. Jorge Guarda-Sementes do Evangelho

CREIO EM DEUS AMOR

CREIO EM DEUS AMOR

  O símbolo da fé cristã começa por afirmar “creio em Deus, Pai todo-poderoso…”. Creio… é a resposta do homem a Deus, que se lh... Leia mais

Formação - Canção Nova

  • 0
  • 1
prev
next

Ajudando o filho a lidar com a ansiedade

News image

Existem vários sintomas para observar o que é um... Leia Mais

Como fazer uma boa confissão?

News image

A confissão é um sacramento de cura Cada ... Leia Mais